Você sabe o que é inteligência emocional? É um conceito que descreve a capacidade de identificar e de lidar com os nossos próprios sentimentos e os sentimentos dos outros. Pessoas que sabem lidar corretamente com as suas emoções têm mais chances de ser felizes e de ter controle emocional, lidando melhor com situações diversas.

A inteligência emocional influencia também em outras questões importantes, como a capacidade de liderança, por exemplo. Apesar de não ser uma tarefa fácil, é fundamental trabalhar esse aspecto desde a infância para formar adultos emocionalmente equilibrados e capazes de gerenciar seus sentimentos. Mas como formar crianças emocionalmente inteligentes?

As emoções têm influência durante toda a vida e, segundo estudos, já é possível educá-las desde os primeiros anos. A principal fonte de aprendizado das crianças nesse período são os pais, o que faz com que o comportamento dos mesmos tenha forte influência no comportamento de seus filhos. Por isso, os pais devem ensinar as crianças a pensar sobre suas emoções para que sejam capazes de expressá-las e controlá-las, favorecendo a comunicação, a empatia e a socialização.

No universo infantil, desenvolver inteligência emocional ajuda a lidar bem com frustrações, evitando a necessidade de chamar atenção, fazer birra e estimulando a expressão de seus sentimentos. Além disso, ajuda a lidar com problemas como o bullying, por exemplo, e a entender como funciona o mundo real, desenvolvendo maior autoestima e autonomia.

É importante entender que ser uma criança emocionalmente saudável não significa ser uma criança que não chora ou se frustra, mas sim que compreende suas próprias emoções. Inteligência emocional é algo muito importante que precisa de estímulos e diálogo para que se desenvolva aos poucos.

Compartilhe esta postagem

Postagens Relacionadas

DEIXE UM COMENTÁRIO